Casos de sucesso e estratégia se destacaram nos patrocinadores gold

goldNesta edição do Seminário SUCESU-RS em Gramado as empresas patrocinadoras gold buscaram focar suas apresentações em casos de sucesso e visões estratégicas de como o CIO deve se comportar diante das mudanças tecnológicas e de mercado.

Empresa que investe no evento há alguns anos, a Exceda, empresa que representa a Akamai no Brasil, apresentou o caso do cliente GetNet, que chamou atenção pelos resultados em termos de segurança eliminando riscos de ataque ao  Distributed Denial of Service (DDoS), que estavam em torno de 5 mil por dia. Ricardo Zovaro, da Exceda, contou que o trabalho entre as duas empresas é resultado do investimento no Seminário. “Conhecemos a GetNet em um evento da Sucesu-RS em 2012, quando estávamos iniciando um trabalho mais forte no Sul, e que se tornou muito estratégico para nós”, afirmou.

Questões estratégicas de segurança da informação e o papel do CIO foram abordados por Fabricio Brasileiro, Gerente Regional Palo Alto. “Como eu penso estrategicamente sobre segurança?”, questionou. Para ele as soluções de hoje fazem o papel para qual elas foram construídas, mas elas não são integradas, que gera uma ótima detecção, mas baixa resposta ao problema. “As empresas não evoluem junto com o ataques e então o gap continua crescendo. Então eu aumento a exposição da minha empresa porque eu não evoluo junto com quem esta me atacando”, afirmou.

Pela quinta edição consecutiva no Seminário Marco Aurélio, Presidente da Brastorage, apresentou o case da Stemac, de gestão do ambiente, um processo de começou em 2013 devido ao crescimento da empresa. Marco Aurélio ressaltou o crescimento de 100% da Brastorage, que atua no RS há cinco anos. “A receita oriunda do RS hoje corresponde a mais de 30% da receita da companhia, por isso agradecemos a acolhida e confiança”,

Segurança cooperada, termo utilizado pela Consultoria Price, é solução segundo Alberto Teixeira, da Under Protection, que trouxe uma mensagem sobre a movimentação de dados não estruturados e de superfície. “Segundo a Price, a prevalecia de risco ocorre porque existe uma relação de confiança a mais que o necessário. Abaixo da linha do firewall a gente considera tudo como sendo confiável, embora a segurança tenha que ir para o usuário porque ele está usando todos os mecanismos de acesso da sua empresa”, alertou.

Fabiano Lazzari, Executivo de Vendas da TIVIT, apresentou a empresa institucionalmente, o novo escritório em Porto Alegre e depoimento de clientes. “Passamos a mensagem de que continuamos juntos e estamos investindo no estado, na aproximação e atendimento de demandas do mercado. A empresa participa de todos os eventos de TI no país, mas o evento da SUCESU-RS para nós é o principal”, disse, Ele destacou ainda os serviços de gestão de data center e cloud com abordagem consultiva.

As empresas Allen e Veritas vieram juntas com o objetivo de falar do novo foco da Veritas em gerenciamento da informação, resultado da divisão com as Simantec. “Aproveitamos o evento para esclarecer ao mercado essa divisão e como ficou o trabalho de cada empresa”, disse Gian Franco, da Veritas. A Allen é o canal da Veritase atua com licenciamento, cloud, segurança e data center.

Comunicação para TI foi tema de Silvia Somenzi, da Soluzzione, que falou da importância de entender como os públicos consomem informação. “Quando a gente leva isso em consideração é possível entender muita coisa e traçar estratégias, transformar feedbacks em ações práticas e transparência, gerar e mensurar assertividade, passagem de conhecimento e aprendizado mutuo”, afirmou.

Em sua apresentação, Luis Debastiani, da Locaweb, destacou a área corporativa, onde a empresa está colocando toda sua força e falou do investimento de R$ 40 milhões na área técnica de data center.