Chatbots e impressão 3D foram pauta na trilha técnica

A trilha técnica do GUDay 2018 recebeu conteúdo de seis Grupos de Usuários, que compartilharam informações relacionadas a transformação  digital. Falando pelo GUIX e GUMobile, Paula Goularte trouxe o tema do Marketing Conversacional e Chatbots. “É vital que marcas e produtos interajam e se conectem com as pessoas de outras formas”, disse. Ela destacou que conforme o Gartner, até 2020, 85% dos consumidores vão se relacionar com as marcas sem interagir com humanos.

Fernando Biehl, do GUINFRA, trouxe uma impressora 3D para a palestra e fez uma demonstração aos participantes que puderam acompanhar uma impressão. “A Impressão 3D é uma das maneiras que a transformação digital vem para o nosso mundo físico”, disse. Ele lembrou ainda que essa não é uma tecnologia nova, pois foi criada em 1981, porém agora está se tornando mais acessível.

Existe uma complexidade para entender transformação digital, disse Jarlei Nascimento, do GUSAP. “Mas transformação digital é um nome novo para coisas antigas. Estamos falando de um pacote de oportunidade de negócios. Temos uma nuvem de oportunidades de negócios”, alertou.  O GUTS trouxe a transformação digital na área de teste de software.  Joyce Bastos falou sobre teste alfa/beta, teste AB e teste de usabilidade. “Quando uma empresa decide transformar algo em digital, isso diz mais sobre como ela se relaciona do que como ela se comunica”, destacou.

Moises Brandalise, do GUSEG, encerrou as palestras falando sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados, que começa a valer em fevereiro de 2020. ”É preciso colocar o usuário em primeiro lugar e saber qual o caminho dos dados dentro da organização. O usuário precisa saber quanto tempo o dado vai ser armazenado, o que vai ser feito, tudo tem que ser pensado na privacidade desde a concepção”, explicou.