Cibersegurança é uma das maiores preocupações para o setor de TI

800x400Desde o surgimento da internet, várias preocupações já foram o foco das grandes empresas do setor. Da velocidade da conexão à infraestrutura e popularização do acesso, além do surgimento e a explosão dos dispositivos mobile, empresas de tecnologia, governos e até mesmo os usuários estão em constante descoberta das melhores práticas de uso dos meios digitais.

Nesse contexto onde todos os anos novas tendências são propostas no mercado, o novo grande investimento, principalmente por parte das grandes empresas de tecnologia, é a cibersegurança. Não é à toa que no começo desse ano, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama propôs um novo plano de Cibersegurança que destinava um total de US$ 19 bilhões para o setor – o que representava um aumento de 35% em relação ao valor anterior. Segundo o presidente, é preciso reconhecer a importância dessa pauta para garantir a segurança da economia e dos dados online dos cidadãos americanos.

Aqui no Brasil, a discussão é mais recente. Enquanto as grandes corporações e empresas de tecnologia reconhecem a importância da Cibersegurança e investem no setor, as pessoas de modo geral ainda não têm uma noção real da importância da pauta. Um exemplo claro é a polêmica em torno dos recentes bloqueios determinados pela justiça ao serviço de mensagens Whatsapp. A principal motivação do mensageiro para não ceder as conversas dos seus usuários para a justiça é bem simples: a criptografia usada na tecnologia não permite que nem eles próprios tenham acesso ao conteúdo e, portanto, é impossível cedê-lo a terceiros.

Dados cedidos pela Cisco e por um serviço de métricas do Amazon, Alexa, mostram que o Brasil já um dos países que mais faz uso de internet no mundo. Os brasileiros passam, em média, 9 horas por dia conectados na rede e o país já conta com mais usuários de internet do que habitantes (são 276 milhões de aparelhos móveis contra 204 milhões de habitantes). Nesse contexto, é fundamental que pessoas e corporações entendam a verdadeira importância de trabalhar para mantar a segurança dos dados que são liberados todos os dias nas redes.

Nos dias 2 e 3 de agosto, em São Paulo, o Gartner realiza um evento que tem justamente esse objetivo. A Conferência Gartner de Segurança e Gestão de Riscos contará com workshops, mesas redondas e a presença de especialistas que irão discutir sobre as práticas de cibersegurança para o desenvolvimento dos negócios digitais. O evento ainda contará com a presença de Misha Glenny, um especialista internacional em segurança cibernética e crime organizado.

Você se sente seguro na internet? Acesse www.gartner.com.br/voceestaseguro/ e descubra mais sobre cibersegurança.

Para mais informações sobre o evento acesse www.gartner.com/events/pt/la/security