Design Thinking ajudando a transformar a TI

ibmPrimeiro entenda o seu problema a fundo, para depois pensar numa gama grande de soluções, convergir as ideias com um grupo de pessoas e então pensar numa proposta viável para o produto ou serviço. Essa foi a definição de Design Thinking trazida por Thiago Ribeiro, que faz parte de um time de desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias de Recursos Humanos da IBM, aos gestores do Seminário SUCESU-RS. Ele explicou que entre os diversos modelos trazidos para o mundo dos negócios para se trabalhar com processos, o Design Thinking é uma metodologia exploratória, focada na inovação, no lado humano, em processos e cenários.

Apesar de a IBM ter seu próprio modelo de aplicação, o palestrante buscou mostrar as diversas formas de se trabalhar e transformar interrogações e exclamações. “Como a gente redesenha a forma como a gente pensa? Não é com máquina, é com pessoas e está na mão de cada um para pensar como estamos fazendo isso. Os humanos são os elementos mais importantes dessa equação e ao mesmo tempo os mais imprevisíveis. O Design Thinking ajuda a transformar a experiência do usuário em algo intuitivo e natural para fazer as pessoas entenderem o que se espera de um produto”, explicou o palestrante.

Uma das experiências trazidas por Ribeiro foi a dos novos funcionários da IBM, que em ultima análise são os primeiro clientes de qualquer empresa. A IBM vem, através do design thinking, estudando todas as etapas, desde quando as pessoa se candidata, passa nas entrevistas, como a tecnologia ajuda a aproximar as pessoas da empresa nesse processo e depois, os primeiros dias de trabalho, quando a pessoa ainda está um pouco perdida no meio de tantas informações. “E depois disso é preciso passar para o design doing, como fazer isso tudo funcionar e coletar feedbacks dentro desse processo”, afirmou.