Claudio Vilella, da Stefanini Scala, mostrou aos participantes do Seminário Gestor um pouco do funcionamento do Watson, plataforma cognitiva de inteligência artificial da IBM, desde a sua origem em Deep Blue, passando por Blue Gene até chegar a atual plataforma. Uma linha evolutiva em que a tecnologia vem sendo trabalhada desde 1997.

“A ideia do Watson é simular a forma como um ser humano pensa”, destacou. Ele mostrou alguns dos serviços oferecidos, como o Watson For Oncology, Watson Explorer, Watson Voice Gateway, entre outros. Vilella também mostrou o funcionamento do Projeto MAIA, em que o Watson roda num TS Bot para fazer todos as demos necessárias para a apresentação dos produtos.

Para exemplificar o Projeto MAIA, Vilella apresentou cases desenvolvidos a partir desta arquitetura. Um dos exemplos mostrados foi o trabalho realizado junto a Pinacoteca de São Paulo em diversas exposições. Outro case apresentado foi pautado pelo mercado internacional e realizado junto aos Hotéis Hilton. “O pessoal de TI terá que, cada vez mais, entender de seu negócio e entender as necessidades dos seus clientes”, concluiu Vilella.

| Leave a comment