Tecnopuc apresentou vantagens do Parque Científico e Tecnológico

tecnopucA programação do 1º Seminário Gestor de TIC da SUCESU-RS contou com palestra do Tecnopuc, parque Científico e Tecnológico da PUCRS com 15 anos de atuação e considerado um dos mais importantes parques tecnológicos do Brasil. A conversa foi ministrada pelo Diretor do Tecnopuc, Rafael Prikladnicki, e pelo Coordenador de Prospecção e Negociação de Projetos da AGT/PUCRS, Gustavo Dalmarco, e teve como tema “Oportunidades e Sinergias”.

O grande objetivo do parque científico é aproximar a universidade dos parques tecnológicos e, por consequência, das empresas, potencializando oportunidades comerciais e de inovação. “O Tecnopuc apresenta um potencial de sinergia de trabalho, criando propostas que envolvam todos os elementos da cadeia”, destacou Prikladnicki em sua fala. O Diretor do Parque contextualizou o ideal por trás da criação do Tecnopuc, um projeto que nasceu no começo dos anos 90 na universidade.

O principal objetivo do Tecnopuc é criar uma comunidade de pesquisa e inovação interdisciplinar, visando aumentar a competitividade de seus membros. Com isso, visa melhorar a qualidade de vida das comunidades e promove o desenvolvimento social e econômico da região como um todo. As principais áreas de atuação do Parque são a tecnologia de informação e comunicação, energia e meio ambiente, ciências da vida e indústria criativa.

Atualmente, o Tecnopuc conta com 120 organizações trabalhando em conjunto. O Parque também possui outras áreas, como o núcleo empreendedor e o centro de inovação. Além disso, o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS conta com o Raiar, incubadora que já conta com 22 empresas incubadas.

Gustavo Dalmarco, Coordenador de Prospecção e Negociação de Projetos da AGT/PUCRS, órgão que estimula a interação entre universidades, empresas e governo em torno de mais de 120 projetos ativos. Dalmarco apresentou as vantagens do AGT, que dispõe de uma equipe gestora de projetos, oferecendo aos professores responsáveis foco total nas funções de pesquisa. A AGT também conta com outros projetos na área de TI, como Engenharia de Software, Big Data, Analytics, Governança de TI, Smart Cities, e-Gov, Inovação em Serviços e Comunicação. “O Tecnopuc faz parte de algo maior, faz parte de uma rede de empreendedorismo, de construção colaborativa”, destacou Rafael Prikladnicki.