Vladimir Bidniuk: foco em soluções integradas a Governçança, Risco e Compliance

Vlad Bidniuk 3

Acrescentar valores às empresas e tornar suas relações mais longevas, este é o cerne da área de Governçança, Risco e Compliance – GRC, de acordo com Valdimir Barcellos Bidniuk, Coordenador do GUGRC da SUCESU-RS. Bidniuk é graduado em Informática pela Unisinos, possui mais de 30 anos de experiência de mercado, com passagens por organizações como Embratel, Siemens, Damovo do Brasil S.A. É especializado em auditoria líder ISO 27001 pela BSi e certificado em soluções de rede e segurança da informação pela IBM, Cisco Systems, Intel Security | McAfee. Ele também é trust advisor em GRC Familiar, processos e soluções integradas de GRC e Governança Digital, palestrante e Sócio-Diretor da VBnK TrustStream, além de professor executivo da Pós-Graduação em Administração de Empresas da FGV – Decision-RS e Colunista da Revista RI.

Como se interessou e porque gosta da área de GRC?
Vladimir Bidniuk – O interesse foi uma evolução natural do processo de gestão de TI, em que achava que sempre havia algo a mais, passando pela governança digital, culminando com a Governança Corporativa, onde inserem-se questões relativas à processos e soluções integradas de GRC. Gosto da área de GRC pois ela sem dúvida entrega valores tangíveis e intangíveis, bem como longevidade às empresas, mantendo uma relação harmônica com seus stakeholders.

Quais comportamentos e competências deve ter um profissional que atua com GRC na sua avaliação?
Vladimir Bidniuk – Acredito que características como ativismo, contemplando motivação, interesse, tempo para dedicação, são dentre outras, características apreciáveis, pois as disciplinas que contemplam e integram a sigla (GRC), são especializadas, muitas vezes complexas e permeiam todos os extratos de uma empresa e sua relação com a sociedade e partes interessadas.

O que o motiva a fazer o trabalho voluntario de ser coordenador de GU?
Vladimir Bidniuk – Além do tema (GRC) e da possibilidade de levar à luz e ao público este compêndio, que talvez possa ser inacessível a alguém, ser Coordenador de GU é um trabalho dignificante, pois é um voluntariado que permite materializar a ação de levar conteúdo à sociedade, sem qualquer custo, o que em minha opinião, é uma forma benéfica de interagir com as pessoas e possibilitar uma network interessante na era, e sociedade, do conteúdo e conhecimento. Acredito que as empresas poderiam aproveitar mais esta oportunidade que os GUs oferecem.

Quais as ações do GUGRC em 2016?
Vladimir Bidniuk – Estamos planejando os eventos padrões de GUs e estamos encerrando um belíssimo projeto que é o lançamento de um livro sobre GRC, onde reunimos profissionais especializados nas diferentes disciplinas e abordagens sobre o tema.